Casalaantigua

Esporte

Esporte Notícias de tênis

Schwartzman-Jarry e Verdasco-Fognini disputam as semifinais no Rio

O tenista argentino Diego Schwartzman enfrentará o chileno Nicolás Jarry em uma das semifinais do Open do Rio de Janeiro, o único torneio da ATP 500 na América do Sul, enquanto o segundo finalista sai do duelo entre o espanhol Fernando Verdasco e o italiano Fabio Fognini .

Após a eliminação das primeiras quatro cabeças do torneio, as semifinais do torneio nesta cidade brasileira medirão o quinto (Fognini), sexto (Schwartzman) e oitavo (Verdasco) favoritos do Open e um chileno de 22 anos que disputa pela primeira vez em sua carreira uma semifinal de um torneio ATP.

Igualmente, eles medirão para dois jogadores de tênis que têm a possibilidade de ser na próxima segunda-feira entre os vinte melhores da classificação ATP, porque Fognini já ocupa a posição 22 e Schwartzman os 23, para um Verdasco (40) que luta para retornar a posições de destaque e um Jarry (94) que entrou recentemente no top 100, mas tem o potencial de avançar muito mais.

Nas disputas de quartas de final, o austríaco Dominic Thiem, número seis do mundo, foi eliminado, atual campeão do torneio, segundo favorito e chegou ao Rio um dia depois de ter ganho o Buenos Aires Open.

Também no trimestre foi eliminado do Uruguai Diego Cuevas, campeão da edição de 2016, que era o sétimo semente e, atualmente, é de 33 no ranking mundial.

Mais cedo, na segunda rodada, já tinha sido fora do torneio Marin Cilic, número três do mundo e semente superior depois de ter sido finalista no Aberto da Austrália; e os espanhóis Pablo Carreño (11), terceira chave de sementes e finalista no Rio no ano passado, e Albert Ramos Viñolas (19), quarto favorito.

Schwartzman avançou para as semifinais depois de vencer por 6-3 e 6-4 para o francês Gael Monfils, 39 do mundo e ganhou o apoio do público Carioca para suas peças espectaculares e a vitória impressionante que eliminou Cilic.

Jogador de Buenos Aires terá que ser medido no sábado nas semifinais em Jarry, um jovem que se tornou a surpresa do torneio nesta cidade brasileira para eliminar rivais como a Ramos espanhola e uruguaia Cuevas, respectivamente quarta e sétima favoritos .

Chile, que chegou às semifinais depois de eliminar 7-5, 6-3 Cuevas admitiu que seu único objetivo era conquistar pontos Rio nas eliminatórias que lhe permitem jogar o Roland Garros, mas os resultados não só lhe garantia presença no Aberto da França e do circuito ATP o resto do ano.

Outro semifinalista é o italiano Fabio Fognini, que prevaleceu nas quartas de final para o eslovaco Aljaz Bedene por 6-7 (3), 6-3 e 6-1.

Verdasco, entretanto, chegou às semifinais depois de bater 6-4 e 6-0 para Thiem, o campeão do ano passado, em uma partida com duas mangas completamente diferentes.

O espanhol, que enfrentou grande resistência em uma primeira rodada de 1 hora e 2 minutos, dominou com surpreendente facilidade o segundo set, de apenas 24 minutos, no qual ele quebrou três vezes o serviço dos austríacos e ganhou por um incontestável 6-0.

O jogador de tenis de Madri só descansou o tempo regulamentar mínimo após sua vitória em singles, ele cancelou a conferência de imprensa que ele daria e retornou ao tribunal de argila para jogar com seu compatriota David Marrero uma das semifinais na competição por duplas.

Apesar do duplo esforço e graças ao bom tênis que a Verdasco exibiu neste sábado, o par espanhol venceu por 6-4 e 6-4 ao composto pelo britânico Jamie Murray e o brasileiro Bruno Soares, o segundo chefe da chave e qualificado para a final no Rio.

Os espanhóis, que entraram no torneio no espaço disponível para os perdedores da fase de qualificação (perdedor de sorte), precisavam de uma hora e 15 minutos para prevalecer sobre o casal classificado no 19º lugar no ranking mundial e quem tinha todo o apoio dos fãs carioca pela presença de um brasileiro.

Marrero e Verdasco tocarão na final para a dupla composta pelo austríaco Alexander Peya e o croata Nikola Mektic, que venceu na outra semifinal em 6-4, 3-6 e 10-7 para os argentinos Andrés Molteni e Horacio Zeballos.

Verdasco terá agora um duplo esforço no sábado, quando ele jogará a final em duplas e uma das semifinais em singles.

O Open de Tênis do Rio de Janeiro faz parte da turnê de argila sul-americana que começou há duas semanas em Quito, passou a anterior por Buenos Aires e vai para São Paulo na entrada.

A competição ocorre entre 20 e 26 de fevereiro nos tribunais de argila do Jockey Club brasileiro e distribui 1,46 milhões de dólares em prêmios. O vencedor recebe 500 pontos na classificação ATP e $ 365,560.

RESULTADOS DO QUINTO DIA:
. Quartas individuais:

– Nicolás Jarry (CHI) derrotou Pablo Cuevas (URU) por 7-5 e 6-3.

– Diego Schwarzman (ARG) para Gael Monfils (FRA) por 6-3 e 6-4.

– Fernando Verdasco (ESP) para Dominic Thiem (AUT) por 6-4 e 6-0.

– Fabio Fognini (ITA) para Aljaz Bedene (SLO) para 6-7 (3), 6-3 e 6-1.

. Semifinais duplos:

– Nicola Mektic (CRO) e Alexander Peya (AUT) para Andrés Molteni (ARG) e Horacio Zeballos para 6-4, 3-6 e 10-7.

– David Marrero (ESP) e Fernando Verdasco (ESP) a Jamie Murray (GBR) e Bruno Soares (BRA) por 6-4 e 6-4.

= Programação do sexto dia (sábado):

. Semifinais individuais:

– Nicolás Jarry (CHI) -Diego Schwartzman (ARG).

– Fabio Fognini (ITA) – Fernando Verdasco (ESP).

. Dupla final

LEAVE A RESPONSE

Votre adresse de messagerie ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont indiqués avec *