Casalaantigua

Esporte

Esporte Notícias de tênis

Final espanhola no Equador Open

O espanhol Albert Ramos Viñolas derrotou o brasileiro Thiago Monteiro, nas semifinais, e começará amanhã pelo título do Equador Open contra seu compatriota Roberto Carballés Baena, que derrotou o eslovaco Andrej Martin.

“Descobriu-se ser um jogo muito disputado, muito difícil, acho que ambos jogamos um ótimo jogo, então estou muito feliz por estar na final deste grande torneio pela primeira vez, com esta audiência deliciosa”, disse Ramos. Canal de TV Equador TV. Ramos Viñolas, 30, e ficou em 17º lugar no ATP em maio de 2017, venceu por 6-4, 6-7 (4) e 6-4.

“Eu espero uma partida, muito, muito disputada contra um grande jogador como Roberto Carballés, um jogador que está assistindo esta semana, que está tocando muito bem, que gosta de jogar aqui (em Quito) para que seja um jogo muito difícil” Ramos disse.

A partida entre Ramos e Monteiro foi intensa do início ao fim, por causa do modo como o brasileiro reagiu e respondeu em momentos cruciais, quando tudo parecia ser a favor do espanhol.

No primeiro set, Ramos desfrutou de mais liberdade e espaços para dar seus melhores tiros e acabar ganhando 6-4.

No segundo, Monteiro fez os movimentos precisos, jogou cada bola onde mais danos causaram a Ramos e estava adicionando cada ponto para fazer o seu próprio set por 7-6 (4).

Na terceira, Monteiro recebeu atenção médica, pois mostrou sinais de dor no ombro esquerdo, mas ele continuou a ser oponente sufocante para Ramos, que venceu o set 6-4.

Carballés e Ramos se juntaram a seu compatriota Feliciano Lopez como finalistas neste torneio que foi realizado desde 2015 no clube de Jacarandá, no norte de Quito.

Lopez enfrentou e perdeu em 2015 antes do dominicano Victor Estrella Burgos, que ganhou duas outras finais, um contra o brasileiro Thomas Berllucci e no ano passado no italiano Paolo Lorenzi.

Estrella eliminou Bellucci na primeira rodada deste ano, e na segunda rodada o austríaco Gerald Melzer destronou Estrella; enquanto Carballés desmoronou no último finalista do ano passado, Lorenzi.

Ramos, segundo melhor nas fileiras dos tenistas que participaram da quarta edição do Equador Open, precisava de três jogos para chegar à final.

No oitavo, derrotou o equatoriano Roberto Quiróz, 6-3, 3-6 e 6-3; em quartos eliminou o austríaco Gerald Melzer por 6-2 e 6-4, pelo que chegará em melhores condições físicas que Carballés, que disputou seis partidos.

Dos quatro principais do torneio, apenas Ramos alcançará a final, no entanto, seu status como favorito é escasso devido ao momento excelente que Carballés está passando.

Enquanto isso, Carballés, 24, ganhou por Martin, 4-6, 6-3 e 6-2.

Carballés partiu do Qualy, fase em que ele ganhou o equatoriano Gonzalo Escobar por 6-1 e 6-3.

LEAVE A RESPONSE

Votre adresse de messagerie ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont indiqués avec *